Olá! Você gostaria de receber as notificações desta loja?


X

BLOG

ORGASMOS CLITORIAL x VAGINAL – QUAL A DIFERENÇA? 11/03/2020 09h00 | BY Gall

1593


ORGASMOS CLITORIAL x VAGINAL – QUAL A DIFERENÇA?

É um muito bom saber que há inúmeras possibilidades de sentir prazer. Na hora de ter um orgasmo (ou múltiplos), não é diferente. Entenda qual a diferença entre eles e o que você precisa saber para chegar lá.

Você sabia que existe o dia especial do Orgasmo? Sim, e vamos dizer que poderia ser todos os dias não é mesmo! A data especial se comemora no dia 31 de julho, esse dia foi criado na Inglaterra para discutir o assunto sobre orgasmos femininos. E quando se diz em orgasmo feminino, existem diversos estudos no mundo inteiro que tentam entender o porquê muitas mulheres não conseguem chegar ao tão famoso orgasmo. Cerca de 40% das mulheres, se quer sabem o que é um orgasmo. Quando perguntado para a grande maioria das mulheres se elas sabem o que é um orgasmo, muitas vezes o silêncio é a resposta, isso porque muitas mulheres se sentem envergonhadas porque não tiveram êxito, e dessa forma carregam uma culpa que não existe, e sim vários fatores que contribuem para que a mulher não consiga chegar ao clímax.



Para tirarmos todas as suas dúvidas, vamos te explicar o que é um orgasmo, e quais são as diferenças entre Orgasmos Clitorial x Vaginal. O orgasmo é uma grande sensação de prazer físico e contrações involuntárias na vagina, geralmente o orgasmo ocorre quando a mulher chega no ápice da excitação, ela consegue chegar nesse estado com a ajuda do parceiro como carícias, toques, beijos. Ou seja: as famosas preliminares que não vivemos sem elas. O Orgasmo Clitorial é alcançado quando o clitóris recebe carícias, como aqueles movimentos bem rapidinhos com leves puxadinhas. Os orgasmos geralmente são rápidos e com sensações como se você fosse dar um espirro. Há contrações por todo o corpo e uma sensação de uma leve euforia.

Já o Orgasmo Vaginal ele é um pouco mais intenso, ele ocorre geralmente a 3cm na parte interior da vagina, onde se encontra o famoso ponto G. No Orgasmo Vaginal o corpo se contrai com muito mais intensidade, contraindo a musculatura pélvica, pressionando as famosas glândulas de Bartholin, que são as glândulas responsáveis por nossa lubrificação vaginal. Quando você chegar ao clímax total, essas glândulas expulsam uma quantidade bem grande de fluídos vaginais, geralmente é aquela sensação de calcinha encharcada. Esse fluído não é urina, não tem cor e nem cheiro, não se sinta envergonhada se isso acontecer com você, e sim muito feliz. Tanto você, quanto o seu parceiro.



Se você sente qualquer desconforto na sua relação sexual, seja dor, falta de lubrificação, qualquer sintoma que não te deixe feliz e relaxada entre quatro paredes, procure um especialista e comente sobre o caso. Não se sinta vergonha de dizer tudo que acontece com o seu corpo para o seu médico(a), ele sabe as orientações certas para o que você necessita e te encaminhará para o melhor tratamento. Cuide-se e previna-se sempre! Use camisinha.

Gostou das dicas que preparamos para você? Assine nossas Newsletter para receber novidades quentíssimas!


Produtos Relacionados:

Ajuda